A memória estava toda empoeirada na sacola. Esta foi a frase que ouvi antes de sair da casa de Dona Zeinha. Cheguei lá com algumas fotos de Pierre Verger nas mãos. Fui para conversar sobre as imagens e ouvir as histórias que poderiam me contar. Ao ver as fotografias, Leninha (filha de D. Zeinha) logo falou “nossa comunidade não tem memória”. A prosa foi avançando despretensiosa e sem pressa. Esse aqui é tio Izidoro. Vovó Julia aqui. Mainha é mainha, é ela sim. Lenhina, já emocionada, se levanta e vai até o outro cômodo, volta com uma pasta com muitas fotografias e um outro tanto de lembranças. Provoquei Leninha: viu, quanta memória, e ela rapidamente arrematou: pois é, a memória estava toda empoeirada na sacola.

Festa para as crianças organizada durante muitos anos por Dona Zeinha

Festa para as crianças organizada durante muitos anos por Dona Zeinha

Festa no dia da chegada de energia no Alto da Bela Vista

Festa no dia da chegada de energia no Alto da Bela Vista

Cerveja após a festa de Babá

Cerveja após a festa de Babá

IMG_7085.jpg
IMG_7086.jpg
IMG_7094.jpg
IMG_7095.jpg
Leco, Djalma e Balbino no ensaio do bloco Afoxé Olá

Leco, Djalma e Balbino no ensaio do bloco Afoxé Olá

Festa das crianças

Festa das crianças

Babá na rua

Babá na rua

Descida do presente da águas

Descida do presente da águas

Presente das águas

Presente das águas

Babá na casa de Petu

Babá na casa de Petu

Festa no Agboulá

Festa no Agboulá

Festa no Agboulá

Festa no Agboulá

Leninha e seu padrinho no dia da chegada da água

Leninha e seu padrinho no dia da chegada da água

Claudinho

Claudinho

Festa das crianças

Festa das crianças

Dudu no primeiro plano e crianças brincando atrás

Dudu no primeiro plano e crianças brincando atrás

Leco, Marizete e Dendê no Bela Vista

Leco, Marizete e Dendê no Bela Vista

IMG_7114.jpg